quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Sou consumista




AMO fazer compras... adoro marcas conceituadas, mas não vivo por elas. Gosto das populares também e gosto de conhecer novas marcas.

Confesso que  tenho muitos sonhos de consumo exuberantes.
Muitas vezes tento controla-los ou pelo menos pensar menos... mas me sinto tão bem quando eles se realizam...



Na hora me dá um medo. Sinto um calafrio, fico com medo do que vão pensar de mim, se vão me julgar.
Antes de comprar eu penso se eu vou precisar do que estou comprando, penso no porque eu quero, se vai me fazer bem, se vou usar bastante, se eu não levar vou me arrepender?....várias coisas passam por essa minha cabecinha... 

Quando vou no caixa pagar a conta fico com uma sensação estranha...tanto tempo juntando o dinheiro e na hora de usar, vai tão rápido! Será que não vou precisar do dinheiro no futuro? Será que estou sendo fútil?

PRONTO! A compra foi feita. Não tem como voltar atrás...o que vão pensar de mim quando virem que fiz mais uma compra...
Chego em casa e coloco o novo pacote na cama, aprecio o produto e uso na primeira ocasião que aparecer. 

Como eu me sinto bem! A sensação agora é boa, estou satisfeita. 
Não me importo mais com o que os outros vão pensar. Afinal sou eu que tenho que saber o que eu quero e o que me faz feliz. Cada um tem seu jeito de ser feliz, tem seus gostos e decide o que vai fazer em sua vida. 

Um dos problemas que eu tento enfrentar é querer a aceitação de todos. Isso nunca vai acontecer, pode parecer bobagem, mas na maioria das vezes me machuco muito quando alguém não aceita do jeito que sou... 
Ainda não sei se é errado eu ter esses sonhos de consumo. Muitas pessoa não concordam em gastar uma certa quantia em objetos, mas se isso faz alguém feliz qual o problema? Qual é o preço da felicidade? 

Acredito que a felicidade está em vários lugares: em um abraço de alguém querido, em chegar em casa e ter uma recepção de pequenos (ou grandes) seres fofos de 4 patas, na família, na companhia de alguém querido, na hora de comer algo gostoso, da hora de dormir e sim, na hora de comprar algo que você queria tanto.
Cada um tem seu jeito de encontrar a felicidade a com o tempo vai encontrar outras formas de ter felicidade. O importante é você se sentir bem com o que você faz, desde que não esteja fazendo mal a alguém.









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...